Véu, mantilha, grinalda ou voilette? | Saiba qual escolher!

O véu é uma tradição nos casamentos e remete a pureza. É de extrema importância que ele reflita a identidade da noiva, independente se for um véu longo, curto, mantilha, voilette, ou somente grinalda.  Mas afinal, você sabe como são cada um desses acessórios, e qual faria o seu estilo?

Os modelos de véu variam muito, alguns são mais clássicos, românticos, e outros mais modernos. Contudo, confira a seguir os modelos mais usados:

Véu longo ou catedral

  • Normalmente esse véu é mais usado em casamentos mais tradicionais, em lugares fechados, como na igreja.
  • Geralmente, ele tem de 2 a 5 metros e é usado com vestidos longos, e sempre deve ser maior que cauda do vestido, quando tiver.
  • Cuidado! As baixinhas devem tomar cuidado. Quanto mais comprido o véu, mais a silhueta fica “achatada”, então as noivas mais baixas devem optar por véu médio.
  • Lembre-se, o véu duplo, ou seja, com duas camadas, é recomendado apenas para vestidos mais lisos, pois isso garante que o visual não fique muito carregado.
Véu longo ou catedral
Véu longo ou catedral

Véu ponta de dedo

  • Como o nome já diz, este véu vai até a ponta dos dedos das mãos da noiva.
  • Este modelo fica lindo com quase todos os vestidos, menos com vestidos curtos.
  • Não é indicado para noivas com quadril largo, pois dá volume e aumenta essa região do corpo.
Véu ponta de dedo
Véu ponta de dedo

Véu cotovelo

  • O comprimento desse véu fica na região do cotovelo ou cintura da noiva.
  • Não é indicado para quem tem a região do abdômen grande e para quem não tem a cintura definida, pois aumenta essa região.
  • Esse véu combina com quase todos os modelos de vestido, principalmente com vestidos mais simples na parte superior, inclusive os sem mangas.
Véu cotovelo
Véu cotovelo

Véu ombro

  • Também como o nome já diz, este véu fica na altura do ombro.
  • É um véu mais curto e tem um aspecto mais descontraído.
  • Fica lindo em casamentos durante o dia e em lugares externos.
  • Deve ser evitado por noivas que tem a região dos ombros muito larga ou rosto muito arredondado, pois enfatiza essas regiões.
Véu ombro
Véu ombro

Voilette

  • Antigamente, o Voilette era usado para proteger os olhos da claridade.
  • Pode cobrir uma parte do rosto, todo o rosto ou apenas o cabelo.
  • São feitos de tule ou de renda e lembram uma “tela”.
  • Podem ser fixados com flores, tiaras, ou apenas fivelas.
  • Fica bonito em casamentos ao ar livre, como na praia ou no campo, e durante o dia.
  • Combina com vestidos mais simples, e noivas contemporâneas.
Voilette
Voilette

Mantilha

  • A mantilha é bem similar ao véu longo, porém, tem um tecido mais pesado e é toda trabalhada com rendas.
  • O ideal é que a renda seja a mesma do vestido, ou a mantilha deve ser usada com um vestido liso, um vestido que não apresente rendas, sendo o destaque do look da noiva.
Mantilha
Mantilha

Grinalda

  • As grinaldas são os acessórios que ficam nos penteados.
  • Podem ser presilhas, flores, coroas, ou tiaras.
  • Podem ser usadas tanto com um véu, mantilha, ou voilette, quanto sozinhas no penteado.
Grinalda
Grinalda

Lembre-se: a maior parte do tempo a noiva ficará de costas durante a cerimônia, portanto, o véu tem um papel fundamental no visual e pode fazer toda a diferença. Capriche na escolha!

Anúncios

Escrito por

Gaúcha. 20 anos. Estilista de vestidos de festa. Blogueira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s